Doce de Leite Cremoso – Fazenda Borá – 350g

(2 avaliações de clientes)

R$31,90

Em estoque

SKU: 1.4.000227.01 Categorias: , Tags: , , , ,

Descrição

Conheça o Doce de Leite Cremoso da Borá

Falando sério, o Doce de Leite Cremoso da Borá é um dos melhores que já provamos e podemos garantir que será MELHOR que você irá provar.

Feito com apenas 2 ingredientes (açúcar e leite), ele não possui conservantes e é cremoso ao extremo.

Nossa dica é consumir ele geladinho, é a pura perfeição!

Como armazenar o Doce de Leite Cremoso?

O Doce de Leite Cremoso da Borá dever ser armazenado em local seco e arejado.

Após aberto, o ideal armazenar o doce de leite dentro de geladeira e consumir em até 1 mês.

Não esqueça de embalar bem antes de guardar para que o seu doce de leite cremoso mantenha textura e sabores ideais.

Como consumir o Doce de Leite Cremoso?

Não precisamos nem mencionar que o Doce de Leite Cremoso é uma paixão nacional 🇧🇷 e pode ser usado em diversas receitas, combinações e até para se comer puro (aconselhamos fortemente!).

Para harmonizar com queijos prefira queijos mais suaves e não muito salgados. Indicamos aqui o queijo da Canastra (conheça todos aqui), requeijão de corte, queijo frescal entre muitos outros.

Utilize o Doce de Leite Cremoso como acompanhamento de doces amanteigados e de crepes, aqui a imaginação pode te levar a sabores incríveis.

A história do Doce de Leite

Que o doce de leite é uma paixão nacional nós já sabíamos! Além do Brasil 🇧🇷 ele é um doce tradicional em diversos países da América Latina, como o Uruguai e Argentina.

Feita à base de açúcar e leite, o Doce de Leite geralmente é feito ao se ferver o leite com açúcar até ganhar consistência ou cozinhando leite condensado, podendo ser apresentado na sua versão cremosa e na sua versão em barra.

A origem deste doce tão tradicional é incerta mas existe uma lenda que ele foi inventado em 1829, quanto a cozinheira do governador da Província de Buenos Aires na Argentina 🇦🇷, esqueceu o leite com açúcar no fogo. Porém está é apenas uma lenda, existem registros anteriores a esta época da existência do doce e na França existe outra lenda que atribui a criação ao cozinheiro distraído do Napoleão Bonaparte.

Existem pesquisadores que atribuem a criação do Doce de Leite aos indonésios no séc. VI, que levaram a receita as Ilhas Filipinas que então caíram sob domínio dos espanhóis que então trouxeram a receita a América Latina.

A receita original é conhecida por ser quase branca, após algumas misturas que o Doce de Leite ganhou o aspecto que conhecemos hoje. Em alguns países ele ainda é consumido nessa cor.

No Brasil, o doce de leite ganhou popularidade após  a expansão das plantações de cana de açúcar. Por aqui, o doce ganhou popularidade rapidamente e é produzido tanto em escala industrial como artesanalmente em praticamente todo o país.

Para conhecer mais sobre a história do Doce de Leite, acesse esse link.

Onde é produzida a Coalhada Seca?

As coalhadas Borá são produzidas na Fazenda Borá, da família Athié, localizada a 20 km da cidade de Pirajú,SP. O pequeno laticinio artesanal pertence á Flávia Athié, agronoma, com mestrado nos EUA em Gado de Leite e seu marido Paulo Sérgio Teruel, médico veterinário.

A receita tradicionalmente árabe foi passada ao Paulo pela tia avó da Flávia, que na época estava com 95 anos e perfeita saúde, cuidando ainda da irmã (avó da Flávia) que estava com 100 anos. O Paulo impressionado com a boa saúde das irmãs perguntou a elas qual era o segredo e elas responderam que era a alimentação. Foi então que ele reparou que as duas consumiam coalhada em todas as refeições e até no lanche da tarde. Assim, ele aprendeu a fazer coalhada e depois aprimorou a receita.

As coalhadas Borá são produzidas com leite exclusivamente da fazenda sem aditivos ou conservantes, totalmente naturais. O controle de qualidade começa com o manejo dos animais, onde todos os cuidados com alimentação e saúde são controlados pelo casal, especialista na área. A produção também passa por um rigoroso controle desde análises laboratoriais diárias do leite e vistorias do pessoal do SISP, órgão responsável pela produção de alimentos no Estado de São Paulo.

Você também pode gostar de…