Ganhe uma Manteiga com Sal Atalaia em compras acima de R$ 300,00.

Doce de Leite Cremoso – Atalaia – 300g

(9 avaliações de clientes)

R$ 28,90

Em estoque

Conheça o Doce de Leite Cremoso da Atalaia

Imagina um doce de leite bom, agora triplica! Está é o Doce de Leite Cremoso da Atalaia.

Feito com leite de vaca, a textura deste doce é EXTREMAMENTE cremosa e a sua receita tem baixo teor de açúcar.

O baixo teor de açúcar transforma o Doce de Leite Cremoso da Atalaia em um produto que não enjoa e deixa aquele gosto de quero mais.

Como armazenar o Doce de Leite Cremoso?

O Doce de Leite Cremoso da Atalaia dever ser armazenado em local seco e arejado.

Após aberto, o ideal armazenar o doce de leite dentro de geladeira e consumir em até 1 mês.

Não esqueça de fechar bem o pote antes de guardar para que o seu doce de leite cremoso mantenha textura e sabores ideais.

Como consumir o Doce de Leite Cremoso?

Não precisamos nem mencionar que o Doce de Leite Cremoso é uma paixão nacional e pode ser usado em diversas receitas, combinações e até para se comer puro (aconselhamos fortemente!).

Para harmonizar com queijos prefira queijos mais suaves e não muito salgados. Indicamos aqui o queijo da Canastra (conheça todos aqui), requeijão de corte, queijo frescal entre muitos outros.

Utilize o Doce de Leite Cremoso como recheio de doces amanteigados e de crepes, aqui a imaginação pode te levar a sabores incríveis.

A história do Doce de Leite

Que o doce de leite é uma paixão nacional nós já sabíamos! Além do Brasil ele é um doce tradicional em diversos países da América Latina, como o Uruguai e Argentina.

Feita à base de açúcar e leite, o Doce de Leite geralmente é feito ao se ferver o leite com açúcar até ganhar consistência ou cozinhando leite condensado, podendo ser apresentado na sua versão cremosa e na sua versão em barra.

A origem deste doce tão tradicional é incerta, mas existe uma lenda que ele foi inventado em 1829 quanto a cozinheira do governador da Província de Buenos Aires na Argentina esqueceu o leite com açúcar no fogo. Esta é apenas uma lenda, existem registros anteriores da existência do doce, na França existe outra lenda que atribui a criação ao cozinheiro distraído do Napoleão Bonaparte.

Existem pesquisadores que atribuem a criação do Doce de Leite aos indonésios no séc. VI, que levaram a receita as Ilhas Filipinas que então caíram sob domínio dos espanhóis, que então trouxeram a receita a América Latina.

A receita original é conhecida por ser quase branca, após algumas misturas o Doce de Leite ganhou o aspecto que conhecemos hoje. Em alguns países ele ainda é consumido nessa cor.

No Brasil, o doce de leite ganhou popularidade após a expansão das plantações de cana de açúcar. Por aqui, o doce ganhou popularidade rapidamente e é produzido tanto em escala industrial como artesanalmente em praticamente todo o país.

Para conhecer mais sobre a história do Doce de Leite, acesse esse link.

Onde é produzido o Doce de Leite Cremoso?

Localizada a 140km da Capital de São Paulo, em Amparo, a fazenda Atalaia tem mais de 140 anos de história. A propriedade, que pertenceu a Pedro Penteado (presidente do Banco Industrial de Amparo), é datada de 1870 e é um exemplar de cultura, história e arquitetura da época.

As tentativas de usar o espaço para produção de Café foram frustradas com a crise de financeira de 1929, favorecendo o estabelecimento e busca de novos meios de sobrevivência. Em 1940, a propriedade passar a ser administrada pela família Matta, de origem libanesa, que chegou ao Brasil em 1908.

A produção de queijo, hoje a principal ocupação da fazenda, iniciou de modo informal há mais de 20 anos, tocada pelas mãos do casal de mestre-queijeiros Rosana e Paulo Rezende. Com a gestão do casal, a fazenda centenária passou por uma ressignificação do seu espaço, antigos lugares voltaram à vida para a produção de queijo, turismo rural e educação patrimonial.

O resultado deste esforço é que em 2016 a Fazenda Atalaia criou o primeiro queijo brasileiro premiado com uma medalha de Ouro no World Cheese Awards, evento realizado na Espanha.

A Fazenda Atalaia ajudou a botar São Paulo de volta no roteiro dos melhores queijos do Brasil. Com diversos sabores, dos mais intensos aos mais suaves, cada queijo e produto proporcional uma sensação indescritível. Venha experimentar.

Para conhecer todos os produtos da Atalaia, acesse o link.

logo - atalaia - acap
Amparo – SP

Localizada a 140km da Capital de São Paulo, em Amparo, a fazenda Atalaia tem mais de 140 anos de história. A propriedade, que pertenceu a Pedro Penteado (presidente do Banco Industrial de Amparo), é datada de 1870 e é um exemplar de cultura, história e arquitetura da época.

As tentativas de usar o espaço para produção de Café foram frustradas com a crise de financeira de 1929, favorecendo o estabelecimento e busca de novos meios de sobrevivência. Em 1940, a propriedade passar a ser administrada pela família Matta, de origem libanesa, que chegou ao Brasil em 1908.

A produção de queijo, hoje a principal ocupação da fazenda, iniciou de modo informal há mais de 20 anos, tocada pelas mãos do casal de mestre-queijeiros Rosana e Paulo Rezende. Com a gestão do casal, a fazenda centenária passou por uma ressignificação do seu espaço, antigos lugares voltaram à vida para a produção de queijo, turismo rural e educação patrimonial.

O resultado deste esforço é que em 2016 a Fazenda Atalaia criou o primeiro queijo brasileiro premiado com uma medalha de Ouro no World Cheese Awards, evento realizado na Espanha. 

A Fazenda Atalaia ajudou a botar São Paulo de volta no roteiro dos melhores queijos do Brasil. Com diversos sabores, dos mais intensos aos mais suaves, cada queijo e produto proporcional uma sensação indescritível. Venha experimentar.

produtor - atalaia - acap
foto-regiao-interior_paulista
São Paulo

A região do interior paulista, em contraponto a outros estados brasileiros que seguem a tradição à risca, reproduzindo modos de preparo seculares e já reconhecidos oficialmente, a produção queijeira paulista aposta na inovação, com o desenvolvimento de novas receitas, possibilitando a existência de mais de 100 tipos de queijos.

Há queijos de vaca, búfala, cabra, ovelha e mistos, em variedades frescas ou curadas. Com esta variedade de produtos artesanais, a região é uma das mais representativas do país e deve ser considerada como tal. A valorização da liberdade criativa, possibilitando criação de novas variedades e estilos, respeitam os limites da sustentabilidade econômica, ambiental e social.

Produto Indicado Por

Este produto ainda não foi avaliado por um Especialista.

9 avaliações para Doce de Leite Cremoso – Atalaia – 300g

  1. Anônimo (comprador verificado)

    Ele é um doce de leite mais consistente.

    (0) (0)
  2. Fabiana Lopes (comprador verificado)

    Muito bom

    (0) (0)
  3. Licinha M. (comprador verificado)

    (0) (0)
  4. Rubens Gregorio (comprador verificado)

    muito bom

    (0) (0)
  5. Helio Rezende (comprador verificado)

    Ainda não degustei

    (0) (0)
  6. GAYLE (comprador verificado)

    (0) (0)
  7. francisco josé giordano (comprador verificado)

    (0) (0)
  8. Alexandre Araujo (comprador verificado)

    Mas ainda não abrimos.

    (0) (0)
  9. Maria Sofia da Rocha Campos (comprador verificado)

    (0) (0)
Adicionar uma avaliação

Receba novidades por e-mail